Aguarde estamos carregando o maior site especializado em Cruzeiro
  1. Raposa Azul

Expulsões Polêmicas Marcam Semifinal do Campeonato Mineiro

Por Redação Raposa Azul em 11/03/2024 11:32

Cartão Vermelho Direto para Zé Ivaldo

Na partida de ida da semifinal do Campeonato Mineiro, o zagueiro Zé Ivaldo, do Cruzeiro, foi expulso com cartão vermelho direto no primeiro tempo.

Após receber um cartão amarelo, Zé Ivaldo acertou uma entrada dura em Felipinho. O árbitro Paulo César Zanovelli foi chamado pelo VAR para revisar o lance e, após análise, optou por mostrar o cartão vermelho direto.

Na súmula, Zanovelli justificou sua decisão, afirmando que o atleta deu uma entrada com uso de força excessiva, atingindo a sola da chuteira no tornozelo do adversário.

Expulsões Polêmicas Marcam Semifinal do Campeonato Mineiro
Foto: (Staff Images / Cruzeiro)

Expulsão Polêmica de Marlon

Outra expulsão polêmica no jogo foi a do lateral Marlon, também do Cruzeiro . Ele recebeu dois cartões amarelos, um deles por reclamação com a arbitragem.

Segundo Zanovelli, o primeiro cartão amarelo foi aplicado por retardar excessivamente o reinício do jogo na execução de um arremesso lateral. O segundo cartão amarelo ocorreu após Marlon protestar contra as decisões da arbitragem, dando um soco no ar de forma acintosa e agressiva.

Contexto das Expulsões

As expulsões em questão levantaram questionamentos sobre a atuação da arbitragem no futebol brasileiro.

A esposa de Zé Ivaldo , Josi Babolim, criticou duramente a decisão de Zanovelli, afirmando que o atleta estava errado e ainda saiu bravinho.

Por outro lado, é importante ressaltar que Zé Ivaldo é o jogador do Cruzeiro que mais recebeu cartões no ano, com seis amarelos e um vermelho direto. Isso sugere um padrão de comportamento que pode justificar a expulsão.

Conclusão

As expulsões de Zé Ivaldo e Marlon na semifinal do Campeonato Mineiro geraram polêmica e críticas. O episódio coloca em xeque a qualidade da arbitragem no futebol brasileiro e reforça a necessidade de critérios mais rígidos e imparciais para garantir a justiça nas partidas.

AVALIE ESTA NOTÍCIA

Comentários: